von Hertwig - Clínica e Hospital de Olhos em Blumenau - SC

Atendimento ao Cliente

Tudo o que você precisa saber sobre Derrame Ocular. Causas, sintomas e tratamentos.

Você sabia que um derrame ocular geralmente representa um sinal de um problema de saúde e, que muitas vezes pode trazer prejuízos irreversíveis à saúde ocular?

O assunto é muito sério, já que, muitas vezes, o derrame ocular é silencioso e invisível a olho nu.

Mas afinal o que é o Derrame Ocular?

Muitos de vocês nunca ouviram falar no termo Derrame Ocular, mas com certeza já ouviram falar em derrame ou AVC (Acidente Vascular Cerebral) que pode ser causado pela lesão de vasos sanguíneos levando a um sangramento dentro do cérebro.

No derrame ocular, acontece uma situação semelhante, só que lesão ocorre nos vasos da retina, localizada dentro do olho e responsável pelo “transporte” das imagens que vemos para o cérebro. Esse evento é chamado de Oclusão Venosa da Retina.

Como identificá-lo?

A intensidade e a percepção dos sintomas do paciente dependem da localização e da extensa dessa oclusão ou do sangramento. Por se localizar no fundo do olho, esse tipo de hemorragia é invisível a olho nu e somente exames oftalmológicos podem identificá-lo. Se não for identificada e devidamente tratada, essa condição ocular pode levar à diversas complicações oculares, inclusive perda total da visão.
O derrame é causado pela obstrução ou lesão da das veias da retina.
Essa condição ocular está geralmente associada a uma doença sistêmica. Entre as principais estão o diabetes e a hipertensão. Além dela, outras condições podem ser fatores de risco, como:

  • traumas oculares profundos;
  • trombose
  • aterosclerose

Sintomas de um Derrame Intraocular Interno

Dependendo do grau de comprometimento do sangramento no interior do olho, o paciente pode notar desde um borramento leve da visão, aparecimento de manchas negras fixas no campo de visão e até mesmo pode perda repentina da visão. Em todas as situações, o médico deve ser procurado imediatamente.

Tratamento

O tipo de terapia empregada vai depender da extensão do derrame e do comprometimento visual, podendo ir desde o acompanhamento periódico da lesão, até a necessidade de tratamentos mais complexos como a aplicação de laser no e/ou injeções intraoculares de medicamentos.

Existem casos de derrame intraocular em que o paciente sofre perda importante da oxigenação da retina. Quando isso acontece, a sequela no seu campo de visão é irreversível.

É essencial que, percebido qualquer sintoma, o paciente procure um médico oftalmologista com urgência para que a condição não gere, além de perda da visão, complicações futuras como glaucoma e descolamento de retina.